Estimativa de Testes por Análise de Pontos de Teste (APT)

Completando o grupo de posts relacionados à Estimativa de Testes baseado no livro Base de Conhecimento em Teste de Software, estou disponibilizando neste texto a planilha para cálculo de esforços de testes baseado no método de Análise de Pontos de Teste (APT).

Esta técnica, a APT, tem fundamento na análise de pontos de função (APF), que por sua vez é uma técnica da Engenharia de Software utilizada para estimar o tamanho dos projetos de software de acordo com as entradas e saídas de funcionalidades de um sistema. O volume dos arquivos de entrada e saída, assim como as consultas internas e externas ao sistema são utilizadas .

APF verus APT

A planilha é condução prática ao modelo de APT estabelecido no tópico 11.1 Estimativa baseada na análise de pontos de teste, o qual serve para estimar o tempo despendido nas atividades de teste. Implementei o modelo prevendo sua utilização para apenas uma funcionalidade por vez, sendo necessário, então, criar réplicas dela para realizar a somatória de 2 funcionalidades ou mais.

A planilha está dividida em dois fluxos de preenchimento: Parte I e Parte II. Elas correspondem, respectivamente, ao grupo de cálculos para a obtenção de Pontos de Teste e ao grupo de cálculos para a obtenção de Horas de Teste. O grupo I de cálculos se relaciona com os aspectos de:

  • Quantidade de Pontos de Função;
  • Pontos de Teste Estáticos;
  • e Pontos de Teste Dinâmicos;

para encontrar o total de Pontos de Teste. Já o grupo II de cálculos se relaciona com os aspectos de:

  • Ambiente de Teste;
  • Qualificação de Equipe de Teste;
  • Horas de Testes Primárias e Fatores de Controle

para obter o Total de Horas de Teste.

Muitos dos subcálculos deste fluxo utilizam tabelas contendo valores padronizados para as funções ou características observadas na aplicação dos testes. São exemplos a Importância do Usuário, a Interface e a Complexidade do cenário utilizaas para calcular os Pontos de Teste Dinâmicos. Assim como no livro, todas as variáveis envolvidas no cálculo são representadas por abreviaturas, a exemplo da HTP(Horas de Teste Primárias).

Inseri algumas fórmulas na planilha que automatizam a realização dos cálculos. Identifiquei o fluxo de preenchimento da planilha com as setas. Também deixei comentários nas células que ajudam a entender o fluxo de preenchimento da planilha para o correto cálculo dos esforços. É importante não alterar o conteúdo das células que possuem as expressões para os cálculos e seguir o fluxo de preenchimento para assim alcançar um correto resultado. Vale lembrar também que ela foi criada na ferramenta MSExcel e que ao utilizar seu conteúdo no Br ou LibreOffice, pode ser que sua formatação seja desconfigurada.

Link para o Download da planilha

Estou preparando um novo post para a apresentação de um framework WebDriver. Fiquem no aguardo! Até mais! 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s