MapServer

O MapServer é um ambiente para o desenvolvimento de sistemas para geolocalização. Ele é um pouco mais que um framework e um pouco menos que um SIG(Sistema de Informação Geográfica). Essa é uma ferramenta criada pela universidade de Minessota, EUA, em parceria com a NASA para prestar apoio ao à visualização dos serviços de localização.

O MapServer suporta diversos formatos vetoriais de imagens, que possibilitam a manipulação e análise dos mapas geográficos. Ele também suporta formatos matriciais, a exemplo do: PNG e JPEG. Através de seu uso, é possível explorar a visualização e projeção dos mapas, pela seleção de um ponto no espaço, por exemplo. As projeções dependem de abordagens complementares, como o uso de bibliotecas acopladas à ferramenta.

O MapServer disponibiliza uma interface que permite customização e expansão de suas funções à nível de código-fonte: a interface MapScript. Podem ser utilizadas as linguagens de programação PHP, Python, Java, PERL, Ruby ou C# para tanto. Seu ambiente pode ser executado em plataformas como Linux, Windows, Mac OS, FreeBSD, Solaris, entre outras plataformas  e distribuições desses sistemas operacionais.

O MapServer funciona como uma camada de intermediação entre o sistema de alto nível (o sistema que o cliente opera), o serviço presente no servidor e a base de dados, cluster, data warehouse ou outra fonte de armazenamento/coleta de informações do(s) GIS(s) relacionado(s). Um exemplo de banco de dados que se relaciona diretamente com ele é o PostGreSQL. Essa estrutura deve estar montada no ambiente local ou ambiente distribuído da aplicação. Quando uma requisição é realizada pelo cliente, ao sistema GIS, o MapServer busca na fonte de dados as informações necessárias para montar a visão requerida e “produz” a imagem no servidor do serviço. Ele funciona como um script integrado ao ambiente do servidor (CGI).

Através do MapServer, é possível buscar informações de várias fontes de dados e assim montar uma visão (imagem de mapa) consistente que represente os dados requisitados. Cada um desses dados podem estar presentes em camadas distintas (de forma genérica, uma camada é um pedaço da visão – outras pequenas imagens). Juntas, as camadas formam uma imagem completa ou mais detalhada que a anterior. O MapServer realiza esta atividade através de templates HTML. Um arquivo Mapfile guarda as informações da requisição: quais camadas buscar, qual o foco sobre o mapa, qual a projeção utilizada, entre outros, e direciona a edição dos templates HTML, os quais contém as camadas das visões. O formato dos arquivos Mapfile e templates HTML podem ser vistos no link à seguir: Link para o material introdutório.

Referências:

http://mapserver.org/